Quadro de férias: “o meu amigo animal”


Bicho-Preguiça

A preguiça, ou bicho-preguiça, é um mamífero com hábitos de vida noturnos. Todos os dedos têm garras longas pelas quais a preguiça se pendura aos galhos das árvores, com o dorso para baixo. Seu nome advém do metabolismo muito lento do seu organismo, responsável pelos seus movimentos extremamente lentos. É um animal de pelos longos, que vive na copa das árvores de florestas tropicais desde a América Central até o norte da Argentina. Na Mata Atlântica, o animal se alimenta dos frutos da Cecropia (embaúba, conhecida por isto como árvore-da-preguiça)


De hábitos solitários, a preguiça tem como defesa sua camuflagem e suas garras. Para se alimentar, a Preguiça utiliza-se de "dentes" que se apresentam em forma de uma pequena serra. Herbívoro, tem hábitos alimentares restritos, o que torna difícil sua manutenção em cativeiro. Dorme cerca de 14 horas por dia, também pendurada nas árvores. Esta espécie animal orienta-se principalmente pelo olfato, pois seu sistema visual não é muito desenvolvido. Na reprodução dá apenas uma cria, e apenas a fêmea cuida do filhote. Reproduz-se, como tudo que faz, na copa das árvores. Raramente desce ao chão, apenas aproximadamente a cada sete dias para fazer as suas necessidades fisiológicas. O seu principal predador é a onça-pintada.

Ficha do Bicho

Onde vive: florestas tropicais da América do Sul, América Central e Mata Atlântica

Alimentação: baseia-se em folhas, raízes, brotos de algumas espécies de árvores e frutos

Tamanho: São animais de porte médio (cerca de 3,5 a 6 kg quando adultas);

Reprodução: A gestação da preguiça dura quase onze meses.

Filhotes: O recém-nascido mede de 20 a 25 cm e pesa cerca de 260 a 320 g. As fêmeas dos bichos-preguiça carregam o filhote nas costas e ventre durante aproximadamente os nove primeiros meses de vida. Durante esse período, a mãe protege o filhote, enquanto ele se prepara para sobreviver sozinho no ambiente da mata.

Tempo de vida: costuma viver entre 30 e 40 anos.

Você sabia?

• Nas ranhuras dos pêlos longos dos bichos-preguiça crescem algas verdes e cianofíceas que dão uma coloração esverdeada escura ao animal. Esta cor ajuda o animal a ficar mais parecido com a vegetação e a se esconder melhor.

• Algumas espécies de lagartas de borboletas vivem associadas aos bichos-preguiça, se alimentando das algas que crescem nos pêlos dos indivíduos.

• Os pêlos crescem em sentido contrário dos demais mamíferos, facilitando que a água da chuva escorra quando estes animais estão dependurados.

• Eles nunca bebem água. Toda água de que precisam é obtida através do processo de digestão do alimento consumido.

• As preguiças conseguem observar todos os ângulos ao seu redor. Isto porque elas conseguem girar a cabeça cerca de 2700 sem mexer o corpo.

• A movimentação diária destes lentos animais é de aproximadamente 38 metros.

• Surpreendentemente estes animais são exímios nadadores e, de certa maneira, muito velozes na água.


0 comentários:

Postar um comentário

Contato

Participe vc também, deixando seu recado, cartinha ou nos ligando:

tempodesercriancafm@yahoo.com.br
tempodesercrianca@hotmail.com

Tel.: 84 3521-4020